Blog do Leo Santana


Novos Flashs de Olinda


Minhas colombinas.
Minha Filha Ariel e Minha esposa Cláudia Antes de sairmos pra folia.


Não basta ser pai: Tem que carregar nas costas.
Minha Filha Ariel e Eu.


A família que brinca unida se diverte mais.
Minha esposa Cláudia, Minha filha Ariel e Eu.

E amanhã...

Amanhã não tem porra nenhum por minhas pernas tão uma merda. Vai carregar criança ladeira acima e ladeira abaixo pra você ver o que é bom. Amanhã é dia de descanso. Terça-feira, pode ser...



Escrito por Leo Santana às 20h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




É carnaval, Po##@!!!!


Eu e minha bambina Ariel antes de sair pra folia.


Minha cunhada Fernanda, Leonildo, grande amigo, Prof. de Lingua Portuguesa na católica e Tio de minha esposa Cláudia, e Eu. Todos aquecendo o gogó para cairmos na folia nas ladeiras de Olinda.

E nós estarems fechados até quarta-feira de cinzas. Dicas de roteiro só na próxima semana.

Ah, se pintarem novos flashes do Carnaval de Olinda, coloco aqui para vocês morrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrerem de inveja.



Escrito por Leo Santana às 21h45
[   ] [ envie esta mensagem ]




Sobre Leis e quadrinhos

O assunto tá bombando na lista dos Arquivos HQB (ahqb@yahoogrupos.com.br) e, depois da poeira sentar, deixo aqui, talvez, minha última participação sobre o assunto. Vamos lá...

Antigamente, as pessoas acreditavam que as coisas aconteciam por "geração espontânea". Você colocava uma coisa num canto, deixava ela lá e, depois de algum tempo, ela se transformava em outra coisa.

Não demorou muito para todos perceberem que isso não acontecia exatamente do jeito que se pensava. Para haver alguma modificação em qualquer coisa era necessário a ação de algum agente externo.

O que isso significa? que as coisas, por aqui, pelo menos para os quadrinistas, vai continuar do jeito que está.

Por quê? Por que somos uma raça egoista e burra. Eu nos comparo aos jogadores de Futebol. 95% dos jogadores de futebol no Brasil são anônimos e ganham muito mal. o restante ganha de razoável para excelente. Os que não tem condições de enriquecer com o futebol se preocupam com coisas "ridículas" como aposentadoria, direitos para salvaguardar sua profissão e coisas assim. Mas eles são bucha de canhão. E suas reclamações ficam mudas. Os 5% restante, que já conseguiu se estabelecer, não está preocupado com essas lutas e "coisas sem importância". E, mesmo sabendo que eles possuem voz perante a sociedade, não se envolvem. Resultado: Quem pode, pode, quem não pode se sacode.

é mais ou menos assim com os quadrinhos.

É preciso que um cara do Piauí entre com um projeto para que nós comecemos a debater sobre o assunto. Para que comecemos a pensar no que é melhor e no que é pior para nós mesmos. Quando, na verdade, isso deveria ter sido o primeiro passo. Após discutir-se exaustivamente sobre o assunto e ter elaborado um projeto que realmente atenda as necessidades dos artistas, é que ele seria encaminhado para algum político que possa abraçar a causa. A nossa causa. Mas a luta não pararia por aqui, pois deveriamos ficar vigilantes e unidos para que os lobistas não estraguem um projeto como esse. E como poderia se fazer isso? Apelando para a sociedade, como fazem todos que pretendem ver passar alguma lei no congresso. Vão as teves e informam à população o que querem e o que estão pleiteando.

Mas isso não vai acontecer. por que somos como os jogadores de futebol. Pior. Somos piores que os jogadores de futebol.

O artista quer reconhecimento, mas não quer o trabalho. Ele quer a arte. Quer produzir o que e quando quiser e ainda quer que os outros achem maravilhoso. Ou seja, quer viver num mundo ilusório, numa torre de marfim.

Ele não quer "se vender", embora queira que os outros comprem seu trabalho de olhos fechados.

nenhum artista realmente quer trabalhar para uma solução coletiva. Ele quer trabalhar para si, achar uma solução para o seu problema. Mas quer, isso sim, até exige, que alguém arranje uma solução para ele.

Esse projeto, levado pelo Petista Piauiense, não vingará. E eu lhes digo por que. Não há apoio a ele. Sequer nós mesmos chegamos a um consenso do que é melhor para nós. Por isso, o caminho desse projeto é, se algum dia chegar a ser votado, haverá um lobby por parte das editoras e, elas sim, é que decidirão se esse projeto será aprovado ou não.

os artistas estão muito preocupados consigo mesmo para perceberem que somente juntos, ativos e conscientes do que querem é que poderão saber que caminho tomar.

Eu, por outro lado, decidi que não quero e nem vou ajudar ninguém. Perdi toda a fé nesses artistas.

Vou me tornar o roteirista eremita, fazer meu trabalhinho, publicar minhas historinhas e que o resto que se exploda.

Ninguém pode se frustrar do que não se espera. E eu não espero mais nada dos artista brasileiros além do cada um por si e deus contra todos.

Mas, para o caso de algum louco ingênuo (Como eu fui um dia) quiser seguir adiante, muitas idéias apresentadas na lista de discussão deveriam ser levadas à mesas redondas, fóruns, palestras de quadrinhos para que ganhem maturidade ou que sejam descartadas de vez. Mas todas baseadas não somente em suposições de que isso ou aquilo vai salvar ou terminar de afundar os quadrinhos nacionais. É preciso se basear em estudos sérios e exemplos que deram ou não certo para fundamentar toda e qualquer iniciativa.

Uma coisa é certa. Não se muda o que está parado. Não há "geração espontânea".

Acho que já falei demais.

fui



Escrito por Leo Santana às 16h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




Projeto fixa cota de 20% para quadrinhos

Se vocês olharem minhas mensagens do ano passado (Acho que de maio ou junho), verão que eu defendia uma cota para quadrinhos nacionais numa proporção modesta ao invés dos 50% (ou 100%) que muita gente defendia. Agora me cai essa notícia no colo. Se vingar, será um grande avanço para todos nós. Mas não se enganem: só os que estiverem prontos é que melhor usufruirão dessas vantagens. Daí a necessidade de estar sempre produzindo, publicando e evoluindo (mesmo que seja em fanzines ou até mesmo na web).

Agora chega de lenga-lenga e vamos a notícia propriamente dita.

Fonte: Marcelo de Andrade (Lá na lista do Nona Arte)
Enviada em: segunda-feira, 20 de fevereiro de 2006 19:21
Assunto: [nonaarte] Projeto fixa cota de 20% para quadrinhos brasileiros
Prioridade: Alta
Deu na agência câmara hoje.

Projeto fixa cota de 20% para quadrinhos brasileiros
Tramita na Câmara o Projeto de Lei 6581/06, do deputado Simplício Mário
(PT-PI)
, que busca incentivar a produção, a publicação e a distribuição
de revistas em quadrinhos nacionais no mercado editorial brasileiro. A
proposta obriga as editoras a publicar um percentual mínimo de 20% de
histórias em quadrinhos brasileiras, considerando-se o conjunto das
publicações desse gênero produzidas a cada ano. O texto estabelece que
esse percentual deverá ser atingido no quarto ano de vigência da lei, a
partir do aumento progressivo de um mínimo inicial de 5%.
A proposta também obriga as empresas distribuidoras a ter pelo menos
20%
de obras brasileiras em quadrinhos entre seus títulos do gênero,
obrigando-se a lançá-las comercialmente. Novamente, esse percentual
deverá ser atingido de forma progressiva. Já no caso de veículos
impressos de circulação diária, semanal ou mensal, deverá ser observada
a relação de uma tira nacional para cada tira estrangeira publicada.
De acordo com o projeto, a história em quadrinhos nacional é aquela
criada por artista brasileiro ou por estrangeiro residente no Brasil e
publicada por empresa sediada no País.

Incentivo
O texto prevê a implementação, pelo poder público, de medidas de apoio
e
incentivo à produção de quadrinhos brasileiros, como o estímulo à
leitura em sala de aula; a promoção de eventos e encontros de difusão
do
mercado editorial de quadrinhos voltados para o público
infanto-juvenil;
e a inserção de disciplinas práticas, como roteiro e desenho, no
currículo das escolas e das universidades públicas.
O projeto obriga ainda os bancos e as agências de fomento federais a
estabelecer programas específicos para apoio e financiamento da
produção
de publicações em quadrinhos nacionais, por empresa brasileira. Na
seleção dos projetos, será dada preferência àqueles com temática
relacionada à cultura nacional. Os projetos financiados com recursos
públicos deverão destinar no mínimo 10% da tiragem para distribuição em
bibliotecas públicas.

Cota
Simplício Mário observa que, apesar de ser uma arte antiga no País, o
mercado nacional de histórias em quadrinhos sempre foi dominado pelas
publicações estrangeiras. "Esse projeto leva em conta não apenas o
potencial econômico do mercado consumidor brasileiro, que hoje
beneficia
apenas a indústria de entretenimento norte-americana e de outras
nacionalidades, mas também a importância de fomentar um elemento de
identidade cultural e manifestação artística", defende.
Para o deputado, o percentual de 20% de material nacional a ser
observado pelas empresas é suficiente para romper a hegemonia
estrangeira, "sem impor uma limitação exagerada aos quadrinhos que vêm
de fora, não representando, assim, nenhum tipo de censura à liberdade
de
expressão e ao acesso à informação".
Simplício Mário aponta uma analogia entre a sua proposta e a "cota de
tela", que trata do número mínimo de dias em que as salas de cinema
devem exibir filmes nacionais. "Se temos as cotas para os filmes,
podemos também ter as cotas para os quadrinhos, como uma política
temporária de incentivo, a ser extinta no momento em que o setor se
desenvolver e passar a caminhar de maneira autônoma", avalia. Para que
esse crescimento ocorra, assinala, é que o projeto também obriga o
poder
público a financiar a produção.

Tramitação
O projeto tramita em
<http://www.camara.gov.br/internet/agencia/materias.asp?pk=73495>
caráter conclusivo nas comissões de Educação e Cultura; de Finanças e
Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Propostas relacionadas:
-  <http://www.camara.gov.br/internet/sileg/Prop_Detalhe.asp?id=313140>
PL-6581/2006
Reportagem - Luciana Mariz
Edição – Wilson Silveira

(Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência
Câmara')

Agência Câmara
Tel. (61) 3216.1851/3216.1852
Fax. (61) 3216.1856
E-mail:agencia@camara.gov.br
http://www.camara.gov.br/internet/agencia/´mailto:agencia@camara.gov.br



Escrito por Leo Santana às 10h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




Novo site de quadrinhos eróticos Nacional
Por que é disso que o povo gosta!

http://www.SexComicsBR.com

 



Escrito por Leo Santana às 13h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




OS MELHORES DA PRISMARTE
Na sua 3ª edição, os Melhores Quadrinhistas da Prismarte de 2005 tem uma novidade: aqueles que quiserem votar e moram longe da capital, ou em outro Estado, poderá enviar seu voto por e-mail. Isso dará agilidade e ganho de tempo, além de permitir que o leitor sinta-se cada vem mais integrado ao grupo PADA.
Para votar on-line, o fomulário esta na página principal do site www.prismarte.com.br 
como você poderá votar on-line.
Você, leitor, faz parte da gente.
 
Parágrafo 1º - Para essa 3ª edição dos Melhores da Prismarte, o leitor poderá escolher dois candidatos por categoria.
Parágrafo 2º - Será considerado arte-finalista aquele que tiver feito a arte-final em trabalho de outrem;
Parágrafo 3º - A lista contendo os nomes dos premiados, incluindo dia, hora e local para entrega do prêmio, sairá na edição 30, da Prismarte, de março de 2006. Portanto, fique atento;
Parágrafo 4º - O prazo máximo para entrega da cédula via postal será dia 20 de março de 2006, carimbo dos correios. Enquanto as urnas ficarão na Banca Globo, localizado na Avenida Guararapes, s/n, e na Elemental Comic Shop, na Galeria Aurora Boulevard, na Rua do Riachuelo, até o dia 20 de março de 2006. Logo, você não pode ficar fora desse grande momento;
Parágrafo 5º Será permitido o envio do voto através de e-mail aos seguintes endereços eletrônicos:
josevalcir@yahoo.com.br ou prismartehq@ig.com.br.
O prazo máximo para o envio é até o dia 24 de março de 2005;
Parágrafo 6º Não será permitido aos membros do Conselho Editorial da revista
Prismarte votar. Contudo, atuará no recolhimento das urnas, na recepção das cartas, contagem dos votos e entrega dos prêmios;
Parágrafo 7º - Fica facultado aos integrantes da Produtora Artística de Desenhistas Associados PADA, o direito em participar como candidatos às categorias elencadas abaixo;
Parágrafo 8º - Outrossim, o quadrinhista que tiver alguma HQ publicada em uma das edições da Prismarte, fica vetado de votar;
Parágrafo 09º - Ao fim do questionário, o leitor encontrará uma ficha chamada de “Cédula de Votação”, cujo objetivo será auxiliá-lo na escolha de sua preferência de uma maneira prática e organizada;
Parágrafo 10º - Cada cédula virá com um número de série que não se repetirá, evitando qualquer tipo de fraude e dando maior credibilidade à premiação dos Melhores Quadrinhistas da Prismarte de 2005.
Lembre-se:
Quando você vota naquele que acredita ser o Melhor Quadrinhista, não está, simplesmente, premiando-o. Na verdade, está fomentando e incentivando a construção das Histórias em Quadrinhos no Brasil. Portanto, participe, vote e prove que você valoriza o artista nacional.
1ª] Qual o melhor lançamento de 2005?
[ ] Mundus nº 01
[ ] Prismarte Especial: Guerra nas Estrelas
[ ] Exxplorer 69
2ª] Qual a melhor edição da Prismarte 2005, em conjunto da obra?
[ ] Prismarte 20
[ ] Prismarte 21
[ ] Prismarte 22
[ ] Prismarte 23
[ ] Prismarte 24
[ ] Prismarte 25
[ ] Prismarte 26
[ ] Prismarte 27
[ ] Prismarte 28
3ª] Qual a melhor capa?
[ ] Prismarte 20 Tributo ao Mestre Will Eisner
[ ] Prismarte 21 - Joe Tex Operação Vascalos
[ ] Prismarte 22 Operação Vascalos II
[ ] Prismarte 23 Amazônia em Transe
[ ] Prismarte 24 Bat Morcego
[ ] Prismarte 25 - Ressureição
[ ] Prismarte 26 - O Intruso
[ ] Prismarte 27- Os disquetes são redondos
[ ] Prismarte 28 - Cláudia encontra à Felicidade
4ª] Qual o melhor personagem ou grupo?
[ ] Amaro Camaragipe, de Marcelo Schmitz
[ ] Minotauro e Tampinha, de Arnaldo Luiz;
[ ] Esquadrão Agakê, de Arnaldo Luiz.
5ª] Qual a melhor história publicada na Prismarte?
[ ] Tributo, de Arnaldo Luiz;
[ ] Oh, Linda Situação!, com o Minotauro e Tampinha, de Arnaldo Luiz;
[ ] Maracatu com Delírio, de José Valcir e Romo Oliveira;
[ ] Esquadrão no Carnaval, com o Esquadrão Agakê, de Arnaldo Luiz;
[ ] Joe Tex, de Eusébio Munoz;
[ ] Comadre Florzinha, de Cidclay Laurentino;
[ ] V de Vida, de Marco Marins;
[ ] O Minotauro, de Arnaldo Luiz;
[ ] A Maratona, de Minotauro e Tampinha, de Arnaldo Luiz;
[ ] Amazônia em Transe, de Milson Marins;
[ ] O Barco, com o Minotauro e Tampinha, de Arnaldo Luiz e Fábio Cassiano;
[ ] Ecológico, de Edgard Guimarães;
[ ] Bat Morcego, de Luciano Félix;
[ ] Onde está á vida?, de Esdras Santos e Eusébio Muñoz;
[ ] Ressurreição, de Dorivam Morais Andrade;
[ ] Egotrips: Saudades, de Léo Santana e Mauro Barbieri;
[ ] O Intruso, de Arnaldo Luiz e Milson Marins;
[ ] Sinais, de Léo Santana e Maurício Fig;
[ ] O Fim, com o Minotauro e Tampinha, de Arnaldo Luiz;
[ ] Os disquetes são redondos?, de Marcelo Schmitz e Marco Marins;
[ ] Metropolis: Cláudia encontra à Felicidade, de Leonardo Santana e Mauricio Fig;
[ ] Natureza, de José Valcir, Arnaldo Luiz e Marco Marins;
[ ] Um grito eco-lógico, de Alexandre de Freitas e Marcos Lopes;
[ ] A última semente, de Milson Marins e Marco Marins;
[ ] Eco-lógica, de André Gómez;
[ ] Aqui jaz …à Amazônia, de Walmir Sabino;
[ ] Abandonado, de Arnaldo Luiz;
[ ] Família Separada, de Arnaldo Luiz.
6ª] Quem é o melhor arte-finalista?
[ ] Arnaldo Luiz;
[ ] Fábio Cassiano;
[ ] Marco Marins;
7ª] Quem é o melhor desenhista?
[ ] André Gomez;
[ ] Arnaldo Luiz;
[ ] Cidclay Laurentino;
[ ] Dorivam Morais A.
[ ] Edgard Guimarães;
[ ] Eusébio Muñoz;
[ ] Luciano Félix;
[ ] Marco Marins;
[ ] Marcos Lopes;
[ ] Milson Marins,
[ ] Maurício Fig.(Metrópoles);
[ ] Mauro Barbieri(Egotrip)
[ ] Romo Oliveira;
[ ] Walmir Sabino.
8ª] Quem é o melhor roteirista?
[ ] Alexandre de Freitas
[ ] André Gómez;
[ ] Arnaldo Luiz;
[ ] Cidclay Laurentino
[ ] Dorivam Morais A.
[ ] Esdras Santos;
[ ] Eusébio Muñoz;
[ ] José Valcir;
[ ] Leonardo Santana;
[ ] Luciano Félix;
[ ] Marco Marins;
[ ] Marcos Lopes;
[ ] Marcelo Schmitz;
[ ] Milson Marins;
[ ] Walmir Sabino.


Escrito por Leo Santana às 13h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Expediente

Quando se fala em quadrinhos com artistas brasileiros que estão querendo ascender na sua área (Desenhos, roteiros, etc), uma das coisas que mais ouvimos é: "quase não tenho tempo", "minha vida está complicada", "trabalho o dia todo", "tenho outras atividades" e coisas desse tipo.

É preciso começar a pensar se realmente é isso que vocês querem! Pensem direito! Tem certeza? É um caminho difícil, esse os dos quadrinhos nacionais. Você tem certeza? Mesmo?

Ok, então escute com muita atenção o que vou lhes dizer:

"F-O-D-A-M S-E"

é isso mesmo o que você leram. Fodam-se. Comecem a pensar nos quadrinhos como um emprego extra. Onde vocês tem horários e metas a cumprir. Se trabalham o dia todo, reservem uma ou duas horas por dia para seus desenhos ou roteiros. Se chegam muito tarde em casa e, realmente, não tem condições físicas para trabalhar nos seus quadrinhos, reservem mais horas no final de semana para isso. Agendem uma quantidade mínima de páginas por semana (1, 2, 5, sei lá! Isso depende muito do ritmo de trabalho de cada um), mas cupram-na a risca. Se perceberem que não vai dar pra cumprir essa meta, aumentem a quantidade de horas (hora-extra) que terão que trabalhar durante a semana ou no final de semana. Sacrifiquem, uma vez ou outra, a cervejinha, a saidinha pro cinema ou qualquer outro tipo de lazer se vocês não estiverem dentro dos seus planos de metas. Conversem com seus companheiros e separem horas para o trabalho, mas também lembrem-se de dedicar uma quantidade de horas semelhantes para curtir o lazer com eles (Eles não tem culpa de você querer viver essa vida e, lembrem-se: são vocês que tem ue se ferrar, não eles).

ou seja, sejam DISCIPLINADOS. CUMPRAM suas metas. EVOLUAM. PRODUZAM. SEMPRE.

Se vocês não querem estar entre os de cima, então talvez quadrinhos para você seja só um hobby, uma vaidade. ou então você deve considerar seriamente em fazer outra coisa.

E, lembrem-se: NINGUÉM vai lutar suas lutas. ou VOCÊ arregaça as mangas e começa a construir a sua carreira ou vai continuar reclamando que jamais vai ter sua chance nos quadrinhos nacionais. E Adivinhe só: não vai mesmo!



Escrito por Leo Santana às 11h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




Roteiros: Dica da Semana 6 : Mini-modelo para organização de um quadro
Cada quadro está dividido em duas partes: a DESCRIÇÃO DA CENA e os TEXTOS E DIÁLOGOS da cena.
Na primeira parte, vai tudo o que você precisa passar para o desenhista para que ele desenhe aquele quadro.
 
Na segunda parte é onde você coloca todos os textos e diálogos que aparecem naquele quadro (Como por exemplo legendas, falas dos personagens, onomatopéias e, até mesmo, o título e os créditos da história).
 
A seguir apresento um mini-modelo dos elementos que compõe a parte de DESCRIÇÃO DE CENA. Não é uma regra, é uma sugestão aos que estão começando e aos que a julgarem interessante. Também não é rígida podendo-se adaptá-la ao estilo de cada um. Vamos lá?
 
QUADRO Número do quadro na página
 
1)[Externa/Interna]. 2)[Dia/Noite]. 3)Plano/enquadramento + 4)ângulo + 5)Descrição da cena + 6)[Detalhes e observações a respeito do estado de espírito dos personagens] + 7)[Observações extras].
 
Ex:
1)Externa. 2)Dia. 3)Plano médio + 4)frontal + 5)fechado em Leonardo Santana digitando em seu computador as dicas sobre roteiros. Ele está sem camisa e sua em bicas devido ao calor e má ventilação do porão no qual vive. Em suas mãos vemos correntes que indicam que ele tem sua liberdade restrita. 6)Ele escreve com aflição como se sua vida dependesse daqulio. 7) Na verdade, me baseei nessa cena inspirado no Conde de Monte cristo caso ele tivesse um microcomputador disponível em sua prisão. Não tem nada a ver, né? Mas não se preocupe que isso é apenas um exemplo. Ah, quando for desenhar, por favor, me desenhe bonito, ok? Mais ou menos parecido com o Brad Pitt, beleza?
 
Os campos entre colchetes [] são os que eu considero como opcionais. Que nem sempre vão ser necessários identificá-los. as observações extras são toda e qualquer informação que sirva para orientar melhor o desenhista quanto a que tipo de emoção você pretende passar com aquela cena. Por exemplo: contar um caso semelhante que lhe aconteceu ou a um amigo ou até mesmo contar uma piada. Tudo isso para que o desenhista entre melhor no clima da cena. Ah, e quando forem escrever os seus roteiros, vocês retirem as numerações ( 1), 2) , etc )  e os sinais de mais (+), ok? Coloquei-os aqui apenas para uma melhor orientação.
 
Gostaria de agradecer às pessoas , das listas e do meu blog, que estão gostando das dicas e que, de alguma forma, estão aproveitando algo. É para vocês que continuo escrevendo as dicas.
 
Dica de Mercado
 
A dica de roteiros dessa semana vem acompanhada com uma exclusiva dica de mercado para todos os visitantes desse blog. Pode parecer um tanto o quanto polêmica mas é baseada em experiência própria e muita observação prática de vários círculos nos quais frequento.
 
Se você quiser ajudar os quadrinhos nacionais, AJUDE-SE!
 
Embora a minha filosofia sempre tenha sido de união, que as pessoas tenham que se unir em associações e, com isso, conseguir força para pressionar o governo, a verdade é que o artista nacional NUNCA conseguirá se organizar de forma a se apoiarem uns aos outros. Somos como os jogadores de futebol. os que não tem condições (os 90% que não são craques) não tem força para se organizar e pressionar. os que tem condições não precisam pressionar ninguém e, Consequentemente, não ajudam os que precisam. Um círculo vicioso.
 
Embora ache que os irmãos Bá e moon cresceram tanto que deixaram de ser "caras legais" para se tornarem "estrelas", acho que o caminho mais confiável é o que eles percorrem: Qualidade em roteiros. Qualidade (excepcional) nos desenhos. Constância. Não há quem feche as portas para isso.
 
por isso, tratem de fazer roteiros muito dos bons. Procurem (ou sejam) desenhistas muito bons. Mas bom mesmo. Não falo só de desenhar anatomia, mas de carros, prédios, sujeira, postes, e toda essas coisas.
 
Façam algo bom. Algo realmente e fudidamente bom. Sejam umas porras duns profissionais mesmo sem ganhar porra nenhuma para isso. E rezem para que alguém se interesse.  P.S. : Você também vai ter que bater em uma porrada de portas, mas isso nem precisa dizer, né?
 
Por isso, esqueçam toda e qualquer ajuda. A cavalaria não vai vir. Não com as pessoas que temos hoje. Não com as pessoas que talvez somos hoje.
 
Desculpem o desabafo. Mas não podia esconder a verdade de vocês. Não sei se a coisa ficou muito clara. Talvez eu volte a reciclar esse tema ou talvez eu o detone de meu blog. Por isso, aproveitem esses minutos de insanidade fiel.


Escrito por Leo Santana às 23h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




Vocês estão Prontos para o INCRÍVEL ?!?!?!

Título: Dormir, talvez Sonhar...
Roteiro: Leonardo Santana
Arte: Milton Estevam
Arte-Final: Carlos Alberto, O Galego
Cores: Lula Borges



Escrito por Leo Santana às 22h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




Duas ótimas novidades!

HQNADOS

www.gratao.com/hqnados - HQ NADOS!
Galera, eu estou postando essa ilustração do Scrignolli pra voces ficarem conhecendo um novo projeto que estamos encabeçando junto. Trata-se de um CD com quadrinhos, onde vc manda o bichinho rodar e se diverte.

Já estao no projeto os colegas ilustradores Nel, Samuel Bono, Alessandro Scrignolli e eu (logico) e estamos abertos a novas pessoas que quiserem participar.
Mais informações no site: www.gratao.com/hqnado - e pelo email do Scrignolli, thejunior_702@hotmail.com

galera, entrem no site e conheçam o trabalho!
Um grande abraço!

Gratao

A REVISTA DO BIGORNA

 



Escrito por Leo Santana às 11h05
[   ] [ envie esta mensagem ]




As Novas Amazonas estão chegando!!!


Em pé: Jasmim, Olímpia, Helena, Zoé e Isolda.
Acocorada: Lolita.
De costas para nós: Maria.

Roteiro: Leonardo Santana
Desenhos: Ricardo Anderson
Arte-Final: Téo Pinheiro
Retículas e diagramação: Henrique.



Escrito por Leo Santana às 21h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




Sobre Álbuns

Sempre pensei em escrever um álbum mas nunca levei a idéia adiante por que não queria contar uma história longa que não tivesse realmente conteúdo para se sustentar durante 60, 80, 100 páginas.

Até hoje.

Essa semana que passou, algumas idéias muito, muito interessantes brotaram em minha cabeça relacionadas a coisas que vem acontecendo em nosso país e que me surgiram algumas idéias bastante polêmicas que eu poderia trabalhar durante um espaço maior de páginas.

Mas isso é um projeto que deve durar anos para sair ao menos um roteiro inicial. isso por que a necessidade de uma pesquisa bastante profunda é necessária (e que já comecei a fazer) para que ela  fique perfeita e que eu possa enriquecê-la com detalhes.

O nome inicial desse projeto seria C & C, O CONCLAVE E A CLAVA. Se vai vingar, só o tempo dirá!



Escrito por Leo Santana às 21h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




Dois Filhos de Francisco.

Antes de começar, eu preciso dizer que não gosto de Zéze de Camargo e Luciano. Aliás, Sertanejo não é meu estilo de música preferido mas eu consigo admirar muitos artistas como Chitãozinho e Xororó e Leonardo. Mas o Zezé de Camargo e o Luciano nunca me desceram.  Eu sempre os achei os dois fudidos mas esnobes que eu nunca conheci. Posto isso, vamos falar do filme.

O Filme é exatamente o que eu achava que seria: um excelente filme!! Uma produção muito cuidadosa, bons atores, um roteiro muito bem arrumado, contando uma história como as muitas que existem para serem contadas em nosso país e que muitas pessoas estão querendo ver. Foi muito sábia a decisão de NÃO transformar a história sofrida num dramalhão mexicano. Sofre-se muito, mas chora-se pouco. Como na vida. Aguenta-se tudo calado, com força e firmeza por que sabe-se que se cair, não há como levantar-se. Nem ninguém para ajudar.

Enfim, se você esquecer que se trata de Zezé de camargo e Luciano, você também poderá assistir um excelente filme. Mas para o oscar ainda falta muuuuuuuuuuuiiiiiitttto. O cinema está fazendo sua lição direitinho. Contando histórias com competência e trazendo o publico para a qualidade que temos. Resta saber quando nós faremos a nossa?



Escrito por Leo Santana às 21h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Roteiros: Dica da Semana 5 : Agrupando por páginas
 
Quando estiver escrevendo seus roteiros, procure ficar atento a distribuição das cenas agrupando-as por páginas. Explicando melhor, tente evitar ao máximo misturar o desenvolvimento de duas cenas na mesma página (a não ser que seja o caso de um desenvolvimento paralelo). O leitor deve ter, em cada página, um agrupamento lógico de uma determinada situação.
 
exemplo:
Se em uma página você começa (ou está terminando) um diálogo entre dois personagens sobre um terceiro personagem e, do meio da página em diante, mostra uma outra cena que se inicia, provavelmente desse terceiro personagem fazendo alguma coisa, você perdeu uma ótima oportunidade de desenvolver um pouco mais a sua trama e colocou um corte considerado bruto na história.
 
Tente terminar o assunto desses dois personagens na primeira página e mostrar o terceiro personagem na página seguinte (nela toda).
 
é óbvio que essa dica não vale para histórias muito curtas (1,2 ou 3 páginas). Mesmo assim, ainda é um ótimo exercício utilizá-la mesmo nessas condições.
 
Se você acha que, com isso, vai estar enchendo linguiça, pense melhor: você estará desenvolvendo melhor seus personagens e não estará "correndo" com a história.


Escrito por Leo Santana às 16h04
[   ] [ envie esta mensagem ]




Oportunidade para divulgar zines
(Repassando e-mail recebido)

Olá Amigos!

Meu nome é Wagner M. Paula e estou tendo a oportunidade de escrever uma
coluna sobre quadrinhos no JB Online, na seção Café Literário. Acontece
que não gostaria de limitar a coluna a escrever sobre albuns de luxo,
livros
e revistas apenas. Ao invés disso estou criando um espaço, um box, que
divulgará
fanzines tb. Se vcs tiverem um fanzine e quiserem divulgá-lo me mandem
seu
fanzine.

Email para contato:
wagner@cafeliterario.jor.br
Endereço: Rua Joao José de Oliveira, 20 apto 301 - Nilopolis - RJ
CEP 26521550



Escrito por Leo Santana às 16h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




Charge online sobre Jesus e não necessariamente um Mohamed
(em inglês - Mas muito engraçada)

http://www.markfiore.com/animation/toon.html

Dois Livros

Primeiro, acabei de ler CONTOS AMAZÔNICOS de INGLÊS DE SOUZA e posso afirmar que é um livro muito bom. Começa meio fraco, mas vai crescendo até chegar ao fim com o excelente O REBELDE. Um conto que, se levado ao cinema, por exemplo, daria um grande filme com muita ação, suspense, emoção. inglês de Souza não é muito conhecido (talvez por ter escrito poucos livros e ter abandonado a literatura para se dedicar apenas ao direito), mas esse pequeno livro de contos é uma boa pedida. Eu recomendo.

Segundo, estou lendo, a cada noite um capítulo, AS CRÔNICAS DE NÁRNIA VOLUME 1, O SOBRINHO DO MAGO, para a minha filha ARIEL. É um livro fraco. pseudo-literatura infanto-juvenil. Minha filha está adorando. Já eu... Bom, as coisas que a gente não faz pelos filhos, hein?

Fui



Escrito por Leo Santana às 17h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




Roteiros: Dica da Semana 4 : O NÃO!

Um "NÃO" não significa que sua história é ruim e que você , como artista, é um fracasso. o "NÃO" pode simplesmente significar que sua hq não cai na proposta da publicação desejada.
 
Para isso, procure:
 
1) Outras publicações;
2) Escrever uma hq dentro dos parâmetros dessa publicação.
 
Ex: Você escreve uma história que, embora muito boa, aparece cenas de nudez e sexo e tenta veiculá-la num zine onde os editores tem um público que abrange crianças e adolescentes. Sua história, por melhor que seja, não será aceita nesse espaço. Culpa Sua? Culpa dos editores? Não. Tudo tem sua hora e o seu lugar. Pense nisso.
 
É claro que o problema pode estar no roteiro, aí , realmente, não tem jeito: é sentar e reescrevê-lo ou partir para outra história. Uma forma de verficar possíveis falhas em suas histórias é confiando à duas ou três pessoas a tarefa de apontá-los. Mas isso é uma outra diza e fica para uma outra oportunidade,
 
A partir da próxima semana, vamos começar a entrar na parte técnica as dicas, ok?


Escrito por Leo Santana às 20h59
[   ] [ envie esta mensagem ]




Prismarte de Olho na Copa

Uma das maiores paixões dos Brasileiros é o futebol. Ainda mais em época de Copa do Mundo, então no Brasil, o coração vai a mil. Aproveitando o momento convocamos os craques do roteiro, do desenho e da arte-final para juntos lançarmos mais uma Prismarte Especial. Se você quer se juntar a esse time, fale conosco pelos seguintes e-mails: .
prismarte@prismarte.com.br ou josevalcir@yahoo.com.br

Escrito por Leo Santana às 15h40
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  01/09/2006 a 30/09/2006
  01/08/2006 a 31/08/2006
  01/07/2006 a 31/07/2006
  01/06/2006 a 30/06/2006
  01/05/2006 a 31/05/2006
  01/04/2006 a 30/04/2006
  01/03/2006 a 31/03/2006
  01/02/2006 a 28/02/2006
  01/01/2006 a 31/01/2006
  01/12/2005 a 31/12/2005
  01/11/2005 a 30/11/2005
  01/10/2005 a 31/10/2005
  01/09/2005 a 30/09/2005
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/02/2005 a 28/02/2005


Outros sites
  # METROPOLIS
  # PRA QUÊ TANTO PODER?
  # CIÚMES
  # SOZINHO
  # SEGUNDA-FEIRA SANGRENTA
  # O CHAMADO
  Alan Moore Sr do Caos
  Alex Miranda
  All Silva
  Allan Goldman
  Areia Hostil
  Arquivos HQB
  Bad Girls Blog
  Crazy Claudinha
  Bigorna
  Brado Retumbante
  Carlos Brandino
  Clube
  Comic Art Community
  CQB
  Crazy Claudinha
  Daniel Brandão
  Denelson (Animes Free)
  10 pãezinhos
  Dumpalink
  El Lapadon
  ELMS
  Fantagraphics
  FotoLobo
  Gian Danton
  Gibi Blog
  Girls With Guns
  Glam0ur
  Hardbrasil
  Hector Lima
  International Hero
  Ivan Maurício
  JJ Marreiro
  Joacy Jamys
  Kamen Rider
  Kill My Day
  Lula Borges
  Macoratti - Programação
  Mangazinne
  Manoel
  Marcelo QM
  Márcio Takara
  Martelo
  Mauro Barbieri
  Musikaki
  Napalm Comics
  Nona Arte
  Nona Arte Blog
  Omedi
  Orbital
  Prismarte
  Prof. Gerson
  Quadrinhos Crepúsculo
  Rapadura Açucarada
  Revista Kaos
  Rodrigo Martins
  Samicler
  Sandro Marcelo
  Sci-Pulp
  Seabra
  stinkydonuts
  Seiren
  Superzines
  Time Killer
  Universo HQ
  Zine Brasil [Fotolog]
  Bubba Gump
  Jean Ok Flog
  Zona Negativa
  Marco Santiago
  Laudo
  banda erótica
  FAT
  Sivirino
  Attu Sees All
  Blogalizado
  Anderson Quespaner
  Jackson Gebien
  Warren Ellis
  Paulette
  Antônio Éder
  Relatório Alfa
  o Franco Atirador
  Gibizada
  Munich
  Fábrica de Quadrinhos
  Héroi
  HQ Maniacs
  Sobrecarga
  Candyland
  Cortante
  Neorama
  HQ NADO
  Subterrâneo
  Paulo Nery
  Joe Bennet
  Zuper blog
  Loblog
  Melhores do Mundo
  Roger Cruz
  Blog Dos Quadrinhos
  Raul TM
  LS FLOG
  Ricardo Anderson
  Baú da Grafipar
Votação
  Dê uma nota para meu blog